Abolição x integração

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Abolição x integração

Mensagem por fabianelery em 24/1/2016, 14:32

Na canção “Todo camburão tem um pouco de navio negreiro”, da banda O Rappa, é visível uma crítica à rotina de policiais que investigam primeiramente os afrodescendentes. A prática do preconceito é o legado de anos de escravidão, que mesmo depois da abolição ainda perdura em pleno século XXI.
No ano de 1888, a Princesa Isabel sancionou a lei que pôs fim à escravidão do país brasileiro. Todavia, nada foi feito para que esses seres humanos fossem integrados à sociedade, beneficiando-os apenas em termos simbólicos.
Em consequência, da falta de interesse do governo com esses indivíduos após a abolição, a desigualdade social reina, em um país miscigenado. Em dados estatísticos de analfabetismo, de trabalho informal, de prisões e de homicídios, a população negra tem os maiores índices.
A educação é principal estratégia para tentar diminuir esses índices. O Ministério da Educação utiliza-se de cotas para garantir vagas para estudantes autodeclarados pretos, pardos e indígenas. No entanto as cotas são questionadas, pois podem segregar ainda mais, em questão racial.
Fica evidente, portanto, que apesar dos negros hoje serem livres, o preconceito ainda está presente na sociedade brasileira. Sendo necessária a atuação mais firme do governo, educando e mostrando a importância do respeito e da cultura negra na nação. Através de investimento em palestras e em profissionais, para atuarem em centros comunitários, escolas, empresas e mídias. Posterior a isso, será possível uma vida em sociedade mais igualitária e harmoniosa.

fabianelery

Mensagens : 1
Data de inscrição : 26/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum